domingo, 26 de junho de 2011

O Futebol Carioca está Vivo


Roberto Sander
Carioca de Ipanema, mas radicado no Leblon, Roberto Sander é jornalista há 25 anos. Formou-se pela PUC-RJ e trabalhou durante duas décadas na TV Globo e SporTV, entre outros importantes veículos de comunicação. Desde 2004, iniciou a carreira de escritor. Em 2008, criou, ao lado do jornalista Paschoal Ambrósio Filho, a Maquinária Editora, especializada em literatura esportiva. Tem oito livros publicados. Nesse espaço, vai comentar os jogos dos times do Rio no fim de semana.


O Futebol Carioca está Vivo

Nada como uma rodada após a outra. Depois do fiasco da semana passada, os times do Rio tiveram uma participação empolgante no Campeonato Brasileiro. Tudo começou no sábado quando o Flamengo goleou implacavelmente o Atlético Mineiro de Dorival Júnior por 4 a 1. É verdade que jogar bem mesmo o Flamengo só jogou no segundo tempo e somente depois que o Galo abriu a contagem. Mas a partir daí, com as entradas Negueba e Deivid, o time se transfigurou. E melhor: Ronaldinho Gaúcho se transfigurou.


Ronaldinho agradeceu apoio da torcida no jogo contra o Galo

Aquele jogador acomodado, de inócuos passes laterais, deu lugar a outro que, em alguns momentos, fez lembrar o Ronaldinho dos bons tempos do Barcelona. Pressionado pelo vazamento de notícias dando conta de frequentes incursões pela noite carioca, ele finalmente fez o que se espera dele. O gol de empate foi desses que estão a altura do talento do craque rubro-negro.

Depois disso, como que aliviado, o Flamengo se soltou em campo e deu um verdadeiro baile no Atlético, que mal conseguia atacar tal o volume do jogo imposto pelo Rubro-Negro. A esperança agora de todos que apreciam a prática do bom futebol é que Ronaldinho se toque e perceba que o seu rendimento em campo depende fundamentalmente de um estilo de vida compatível com o de um atleta profissional. Se não for por ele, que seja por respeito ao torcedor que paga seu salário.

Em Florianópolis, o Fluminense finalmente conseguiu vencer sob o comando do técnico Abel Braga. Independentemente da fraqueza da equipe do Avaí, que ocupa a lanterna do Brasileiro, o resultado merece comemoração. Além de ter jogado a maior parte do tempo com um jogador a menos – diga-se de passagem que foi extremamente injusta a expulsão de Rafael Moura –, o time jogou com a velha garra dos tempos do “time de guerreiros”.


Conca faz a diferença e Fluminense derrota o Avaí na Ressacada

Melhor ainda foi ver Conca atuando bem outra vez. Mais adiantado, ele fez o gol da vitória e teve outras excelentes oportunidades, em lances geralmente criados por ele mesmo. Fica a expectativa de que daqui pra frente o time continue a crescer de produção, pois, pelo que ficou claro nessas primeiras rodadas, esse vai ser um campeonato bastante equilibrado e disputado com um alto grau de competitividade.

Isso ficou muito evidente no jogo entre Vasco e Atlético (GO). Foi uma vitória construída fundamentalmente a partir da impressionante atuação do goleiro Fernando Prass, com direito a uma defesa que lembrou Gordon Banks. O fato é que o Atlético jogou melhor, criou inúmeras chances, mas esbarrou na verdadeira muralha que foi Prass.


Principal personagem da vitória foi o goleiro Fernando Prass

Isso, no entanto, não tira o mérito dos três pontos conquistados. Primeiro porque, como bem disse o técnico Ricardo Gomes depois do jogo, “um grande time começa sempre por um grande goleiro”. E segundo porque, o Vasco fez um bom primeiro tempo e, mesmo pressionado, criou perigosos contra-ataques. Sem contar com as boas atuações individuais de Dedé, Anderson Martins e Felipe.

Para completar a bela rodada para os cariocas, o Botafogo venceu o sempre aguerrido time do Grêmio. Com isso, o time dirigido por Caio Junior chega a onze pontos, na quarta colocação do campeonato. Foi uma boa atuação do Botafogo, que criou muitas chances e ainda contou com as boas defesas do goleiro Renan. Ele mostrou que, nessa posição, o Botafogo está muito bem servido. Com Jeferson na seleção, Renan mostrou o seu valor.


Botafogo na Quarta colocação com cinco jogos sem derrotas

Outros destaques foram Caio, que fez uma excelente jogada para a conclusão Elkeson no segundo gol, e o próprio Elkeson, uma senhora contratação. Com a chegada de Renato e a volta de Loco Abreu, o Botafogo tem tudo para brigar, no mínimo, por uma vaga na Taça Libertadores. De negativo, apenas esse outro apagão no Engenhão. Será que virou moda?

Um abraço e até a próxima semana!

Mais Informações Veja AQUI

Visite o Portal Oficial do Leblon, faça o seu Cadastro, é rapidinho, em menos de um minuto e fique por dentro de tudo que Acontece no Bairro - www.amoleblon.com.br

Comente!

Nenhum comentário: