sábado, 21 de novembro de 2009

O Mirante da Velocidade no Leblon

Reprodução Jornal do Brasil - Editoria Cidade de 21 de Novembro de 2009

O Mirante da Velocidade no Leblon
Flávio Dilascio, Jornal do Brasil - Foto: Angelo Cuissi

Clique para o Site do Jornal do BrasilDe uma conversa informal antes de um debate televisivo sobre os 90 anos do Leblon, surgiu uma ideia que vem ganhando força e apoios no bairro: colocar no mirante da Avenida Niemeyer um monumento em homenagem ao automobilismo brasileiro e ao extinto Circuito da Gávea, prova que atraiu grandes pilotos do mundo entre 1933 e 1954.

Segundo um dos entusiastas do projeto, o administrador regional do bairro, Bernardo Carvalho, o prefeito Eduardo Paes já teria dado seu aval. Falta agora a Associação de Moradores e Proprietários de Prédios do Leblon escolherem o tema e apresentarem o projeto do monumento.

A construção deverá ser feita em parceria público-privada, e a ideia inicial é aumentar também a área do estacionamento, por causa do provável incremento da frequência do mirante com a nova atração. Ainda não foi decidido que tipo de monumento será erguido e os idealizadores pensam em fazer uma eleição junto à população. Já surgiram sugestões como homenagens a Ayrton Sena, Felipe Massa e Chico Land, o maior vencedor do Circuito da Gávea.

– Tudo começou no início deste mês, quando eu e o historiador Milton Teixeira conversávamos antes de entrarmos ao vivo em um programa de TV. Lembramos das histórias do Circuito da Gávea e daí surgiu a ideia de fazermos uma estátua – conta o presidente da Associação de Moradores e Proprietários de Prédios do Leblon, Augusto Boisson. – O programa contava com a participação do Luiz Aviz, dono do site AmoLeblon, e do administrador regional Bernardo Carvalho. Conversamos sobre o tema no ar e logo o Bernardo se mostrou interessado – lembra.

Foto: Angelo Cuissi

As justificativas para a construção estão na ausência de monumentos no bairro, na possibilidade de se incrementar o turismo no mirante e na inexistência de homenagens ao automobilismo na cidade. A primeira ideia era construir a estátua em frente ao Hotel Leblon – localizado a poucos metros do mirante –, o que foi prontamente rechaçado devido ao pouco espaço no entorno.

– O arquiteto da prefeitura Paulo Nascimento fez a avaliação da ideia e achou melhor construir a estátua no mirante. Agora, devemos apresentar um projeto a eles dentro de sua semanas – confirma Boisson.

Os idealizadores procuram agora marcas que queiram se associar.

– Estamos querendo uma aproximação com as marcas que fizeram história no circuito. A Ferrari, por exemplo, poderia ser uma das interessadas, já que a primeira vitória da história da escuderia aconteceu aqui, em 1952 – destaca Luiz Aviz.

O projeto teria ainda pinturas quadriculadas no chão do mirante, lembrando a bandeira de chegada usada no automobilismo.

– A ideia é fazer um chão parecido com o do circuito de Indianápolis – comenta o Bernardo Carvalho

Quem também vê o monumento com bons olhos são os comerciantes locais, em especial os donos dos dois quiosques do mirante.

– Ainda não estou sabendo do projeto, mas, se aumentar o fluxo de pessoas, será muito bom para o nosso negócio. Teríamos que ver com a prefeitura, no entanto, o aumento da nossa área de trabalho, pois o espaço do quiosque é bem pequeno – afirma o gerente do quiosque Mirante Sonhador, Fabian Pelegrino.

Mais Informações Veja AQUI

Visite o Portal Oficial do Leblon, faça o seu Cadastro, é rapidinho, em menos de um minuto e fique por dentro de tudo que Acontece no Bairro - www.amoleblon.com.br

Comente!

Nenhum comentário: