segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Bate Papo com o Diretor Charles Möeller Morador do Leblon

Charles Möeller

É diretor cenógrafo e figurinista com amplo trabalho na área de teatro musical. Foi diversas vezes vencedor dos Prêmios Shell, Mambembe, APETESP e APCA. É o responsável pelo texto e direção de alguns espetáculos que marcaram época no Rio de Janeiro, como A Ópera do Malandro; As Malvadas (1998); O Abre-alas (1999); Cole Porter - Ele Nunca Disse que me Amava (2000); e Company (2001). Atuando ainda na área de música erudita, criou cenários e figurinos para diversas óperas no Teatro Municipal de São Paulo, entre elas La Boheme; Cavaleria Rusticana; I Pagliacci; entre outras. No Teatro Municipal do Rio de Janeiro, fez direção de arte de Candide, de Leonard Bernstein. Charles Möeller (autor, diretor, ator, cenógrafo e figurinista) e Claudio Botelho (ator, cantor e tradutor de musicais) têm 15 musicais de sucesso no currículo, como "7", "Ópera do malandro", "Cole Porter - ele nunca disse que me amava", "Sweet Charity", "Company", "Um dia de sol em Shangrilá", "Tudo é jazz", "Cristal Bacharach", "As Malvadas", entre outros. Prêmios Mambembe, Sharp, Shell, da Associação dos Produtores de Espetáculos Teatrais de São Paulo e Associação Paulista dos Críticos de Arte recheiam a trajetória da dupla.

Veja o Bate Papo Completo em http://bit.ly/9MCiPM

Mais Informações Veja AQUI

Visite o Portal Oficial do Leblon, faça o seu Cadastro, é rapidinho, em menos de um minuto e fique por dentro de tudo que Acontece no Bairro - www.amoleblon.com.br

Comente!

Nenhum comentário: