terça-feira, 21 de julho de 2009

Leblon completa 90 anos

Um bairro com uma vocação de Oásis de Paz, de Conversa, de Chope e de muito Charme

© Copyright - Todos os direitos reservados a AMOLEBLON / Aquatro Propaganda / Brainter

Oficialmente, as comemorações pelos 90 anos do Leblon começam na data do aniversário, domingo, 26 de julho.

Mas algumas comemorações já começam nesta terça-feira, 21/07, com a abertura de uma exposição de fotos históricas e prosseguem no sábado, 25/07, com a segunda edição do Leblon Jazz Festival, que, apesar do nome, também terá espaço para a música pop de artistas como Marcelo Camelo, Mallu Magalhães e George Israel entre jazzistas de fato, como o guitarrista Victor Biglione.

Foto: Luiz Aviz

A exposição, no Shopping Leblon, reúne 16 fotografias do arquivo da prefeitura mostrando o desenvolvimento do bairro desde seu loteamento, em 26 de julho de 1919, data que acabou se tornando o aniversário oficial do que antes eram terras pertencentes ao francês Charles Le Blond.

Reprodução - Leblon loteamento, em 26 de julho de 1919

O festival, que no ano passado reuniu 10 mil pessoas no Baixo Leblon, região mais boêmia do bairro, fechará o trânsito na Rua Dias Ferreira, entre a Avenida Ataulfo de Paiva e Rua Professor Azevedo Marques, de 13h às 21h.

Divulgação - O festival em 2008

A programação começa às 14h, com a banda Mané Sagaz, que faz uma mistura de rock pesado com samba. Meia-hora depois, em ponto, o palco é ocupado por Vulgo Quinho & Os Cara, misturando música com poesias do vocalista Omar Salomão, filho de Waly.

O jazz que dá nome ao nome ao festival começa às 15h, com o saxofonista Joel Ferreira e seu quarteto e continua às 15h30, com o guitarrista Victor Biglione, morador antigo do bairro que faz o primeiro show mais alongado do dia, indo por volta das 17h.

Divulgação- Marcelo Camelo, George Israel, Victor Biglione Mallú Magalhães

A apresentação seguinte, às 17h30, é da jovem cantora Mallu Magalhães, de 16 anos, revelação folk de São Paulo ano passado.

O encerramento é com o cantor e guitarrista Marcelo Camelo namorado de Mallu e seguindo carreira solo no recesso do Los Hermanos, a partir das 20h.
Programação Completa do Festival Veja AQUI

Missa abre festejos oficiais

No domingo, quando o Leblon efetivamente completa 90 anos, a missa em sua homenagem será celebrada na Paróquia Santa Mônica, principal igreja do bairro, pelo padre Henrique Gonzalez, às 17h.

Pequena História do Leblon

O do nome do bairro vem de Charles Leblon, francês dono de um grande lote no areal - o chamado “Campo do Leblon” -, que, em 1845, ali instalou uma fazenda de gado.

Reprodução

No início do século XX, o Leblon era constituído por chácaras desmembradas da Fazenda Nacional da Lagoa e tinha poucas ruas, entre as quais se destacava a Rua do Sapé ou do Pau (atual Dias Ferreira). Nas décadas de 1910 e 1920, a Companhia Industrial da Gávea promoveu o loteamento inicial do Leblon e foram implantadas praças, avenidas e diversas ruas. Como sempre, a promoção imobiliária era articulada à implantação do bonde que, em 1914, interligaria o bairro com resto da Cidade.

Ao longo do canal aberto entre mar e lagoa, o Prefeito Henrique Dodsworth implantou, em 1937, setenta mil metros quadrados de jardins, ficando o lugar conhecido popularmente como Jardim de Alah. Nas proximidades, em 1957, surgia no bairro a Cruzada São Sebastião, composta por dez blocos habitados por seis mil pessoas de baixa renda.

Reprodução

Poucos anos depois, na década de 1960, as grandes favelas do bairro foram removidas e sua população remanejada para bairros distantes na Zona Oeste. A produção imobiliária se intensificou, o bairro se elitizou, cresceu, adensou e virou referência noturna com seus bares e restaurantes.

Mais Informações Veja AQUI

Visite o Portal Oficial do Leblon, faça o seu Cadastro, é rapidinho, em menos de um minuto e fique por dentro de tudo que Acontece no Bairro - www.amoleblon.com.br

Comente!

Nenhum comentário: